Crédit: BAM
Crédit: BAM
L'Association Sol do Sul vous présente Un Brésil différent !
 L'Association Sol do Sul vous présenteUn Brésil différent !

2ème Festival du Rio Grande do Sul de Paris

Christian Silva

23/05/2016 - 09h44min

Talentoso músico guaibense é o Destaque Gazeta deste bimestre.

Com o violão a tiracolo, o talentoso músico guaibense Christian Silva, de 19 anos, visitou a Redação da Gazeta Centro-Sul. Intercalando falas e solos de choro de forma impecável e garbosa, contou detalhes de sua promissora carreira artística.

A entrevista, enlevada pelo fundo musical de alta qualidade, teve lições de autoconfiança, análise do cenário cultural da Região, e, também, opinião política a respeito dos rumos que o País tomará nos próximos meses.

Provando ter qualidades não somente no meio musical, no qual já é reconhecido, Christian Silva mostrou-se um cidadão interessado nas questões sociais, revelando orgulho de ser guaibense. Atento aos fatos do cotidiano, uma de suas atitudes destacadas é de ser um grande motivador para todos que tenham sonhos a realizar.

Por suas qualidades artísticas e pessoais, esse jovem e talentoso violonista é o Destaque Gazeta deste bimestre.

Christian teve seu primeiro contato com o violão aos 13 anos. Desde então, passou a procurar informações e aulas através da internet. Rapidamente, pela facilidade natural que veio à tona, foi aperfeiçoando os fundamentos instrumentais. Com pouco mais do que cinco anos de prática, a técnica do jovem músico atingiu um padrão avançado, colocando-o entre os principais violonistas do Brasil. E foi por seu talento que, em 2014, ele embarcou para a França para divulgar seu CD e participar de um Festival em Paris. “Lá tive a oportunidade de conhecer o músico Christophe Davot, que me levou para tocar em outra casa de shows”, observou. Na ocasião, o guaibense tocou diversas músicas nacionais, de Tom Jobim, Vinicius de Moraes e outros grandes da MPB. “Foi uma experiência única, lá eles ficam quase dois minutos aplaudindo após cada música. Eles valorizam muito a música brasileira”, ressaltou.

Clique aqui para ler a materia completa.

 

Foto: FA/Gazeta

Gazeta Centro-Sul

Christian Silva, talento para francês ver

 

José Augusto Barros

jose.barros@diariogaucho.com.br

 

Em Eldorado do Sul, surge um novo talento de um dos instrumentos mais complexos - e belos - da música. Aos 17 anos, Christian Silva, morador do Bairro Residencial, desponta tocando violão sete cordas e investindo em choro e bossa nova. O guri começou a tocar aos 13 anos, na escola Nossa Senhora Medianeira, em Eldorado.

 

- Meu pai toca bateria, mas aprendi sozinho mesmo. Eu estava no colégio, quando pedi um violão seis cordas para um amigo. Comecei ali, tocando sertanejo e fiquei um bom tempo no de seis cordas. Depois, passei para o de sete, que virou minha paixão - relembra Christian.

 

Depois do início precoce, a carreira de Christian teve dois momentos fundamentais. O primeiro, quando ele tinha 14 anos, já tocava música instrumental e foi convidado a fazer um show no 35 CTG, com Clary Costa, cantora nativista e mãe de Yamandu Costa, um de seus ídolos.

- Um dia antes do show, eu conheci o Yamandu, na casa da Clary. Ficamos tocando a noite inteira. O Yamandu gostou do meu som. E foi a realização de um sonho - relembra o guri.

 

Na França, ele roubou a cena!

O outro momento foi inesquecível para o humilde violonista, filho de um mecânico e de uma dona de casa, foi em outubro deste ano. Por meio da internet, Jaqueline Dreyer, gaúcha que mora em Paris, presidente da Associação Franco-Brasileira Sol do Sul, entidade com sede na capital francesa, que promove a cultura brasileira na França, conheceu o som de Christian. Impressionada com seu talento, o convidou para participar do 2º Festival do Rio Grande do Sul em Paris, evento que tem o objetivo de aproximar as culturas gaúcha e francesa.

 

- Fui atrás de patrocínio e consegui participar do evento. Foi demais! Lá, eu lancei meu primeiro CD instrumental, Jovem Violão. Fiz dois shows, um no festival e outro no com o Christophe Davot, um guitarrista de jazz. Foi inesquecível - relembra o jovem.


Agora, Christian começa a mostrar seu repertório na noite de Porto Alegre, em bares da Cidade Baixa. Nos espetáculos, traz muito choro e suas canções próprias, como Saudade e Catedral, mas deixa um alerta para os donos de casas noturnas.
 

 Tenho um gosto mais popular, gosto de choro, de Dominguinhos. Mas o mercado aqui anda complicado para música instrumental. Quero ir para o Rio de Janeiro - anuncia o talento.

 

Pitaco de quem entende

Paulinho Fagundes fala sobre Christian Silva:

- Que grata surpresa o Christian! Ao ouvir as músicas dele, o primeiro impacto foi positivo, principalmente quanto aos temas escolhidos para as performances que vi. Naturalmente, ele me passa um caminho de influências que eu também adoro. Viva a música!

 

23/12/2014 | 08h01


Diário Gaúcho

Conjunto Folclórico Os Riograndenses de Campos Borges participa de Festival em Paris

 

O Conjunto Folclórico Os Riograndenses de Campos Borges, porém com integrantes de vários municípios da região, estiveram de 09 a 16 de outubro em Paris no 2º Festival do Rio Grande do Sul em Paris. O evento teve como principal objetivo promover o Rio Grande do Sul na Europa. A programação incluiu várias atividades, culturais, educacionais, comerciais, turísticas, conferencias, palestras, shows, danças artísticas entre outras atividades mostrando o Rio Grande do Sul, a um país diferente. Gabriela Haas integrante do grupo e professora de dança destacou a presença do grupo no evento.

 

Dept. de Jornalismo Rádio Planetário

 

03 de Novembro de 2014


Ouça a entrevista completa no player acima da matéria clicando aqui

2° Festival do Rio Grande do Sul em Paris : A Associação Sol do Sul com objetivo de aproximar ainda mais a cultura do povo europeu, o qual assentou suas raízes no Rio Grande do Sul, Brasil, realizou nos dias 10 a 12 de outubro de 2014, em Paris o 2° Festival do Rio Grande do Sul em Paris. O Festival reuniu personalidades da vida política, artística, literária, turística, social e econômica do estado do Rio Grande do Sul (RS) e da cidade de Porto Alegre. Estiveram presentes o Presidente da Confederação Internacional da Tradição Gaúcha – CITG, Dorvilio José Calderan e sra. Loiva Lopes Calderan, Presidente da Federação Tradicionalista Gaúcha do Planalto Central – FTG-PC, que prestaram sua colaboração para a organização do evento nos temas relacionados ao Movimento Tradicionalista Gaúcho. O Festival teve inicio com um momento importante que foi a leitura em francês do livro: Símbolos do Rio Grande do Sul – Giovani Cherini e Roberto Rech, traduzido por Tanise Dreyer, contando a história para crianças e jovens com deficiência visual, e, que teve também a participação de Grupo de Danças “Os Riograndenses”, em um lindo trabalho de socialização da dança. No setor econômico a palestra sobre os 25 anos do Orçamento Participativo, na qual Porto Alegre se destaca, assim como as demais cidades, que têm suas características próprias, recebeu destaque através de seus valores turísticos, culturais, sociais e artísticos. Este painel contou com a presença do Prefeito de Porto Alegre, Jose Fortunati e da Prefeita local da cidade de Paris, Elisabeth Guy-Dubois - Première adjointe en charge du développement économique, de la famille.

 

Jornal Eco da Tradição de Novembro de 2014

 

Para ler a matéria completa baixe o documento abaixo

Jornal Eco da Tradiçao Novembro 2014.pdf
Document Adobe Acrobat [11.8 MB]

ZH recebe homenagem em Paris

 

Por ser o jornal de maior circulação do Sul do Brasil, ZH recebeu uma simpática homenagem da Associação Sol do Sul durante o 2º Festival do Rio Grande do Sul em Paris. O evento ocorreu de 10 a 12 de outubro na prefeitura de Paris, com as presenças dos prefeitos José Fortunati, de Porto Alegre, e Anne Hidalgo, da capital da França.

 

Quem recebeu a placa em nome de ZH foi o secretário-geral da Associação Latino-Americano de Publicidade, João Firme, que esteve no evento para o lançamento do Festival de Publicidade de Gramado. Nesta quinta-feira, João Firme entregou a homenagem à Redação, acompanhado de Andressa Martins, uma das organizadoras do festival de Gramado.

 

30 de outubro de 2014

Postado por Lúcia Pires, às 17:00

 

ZH blogs

Gaúchos se destacam na capital francesa

Os 190 anos da imigração alemã no Brasil, que transcorrem em 2014 e motivaram intensa agenda no Rio Grande do Sul em julho, repercutiram com interesse também em Paris, na França. No dia 11 de outubro, um sábado, o jornalista Romar Beling, editor da Editora Gazeta, foi responsável por contextualizar para o público da capital francesa as marcas da etnia germânica e as contribuições dos descendentes nas diversas regiões nacionais. A convite, ele participou do 2º Festival do Rio Grande do Sul em Paris, realizado na Prefeitura do 14º Arrondissement, situada em Montparnasse, um dos bairros mais famosos da cidade.


Beling salienta que a iniciativa do evento coube à Associação Sol do Sul, idealizada pela gaúcha Jaqueline Dreyer, e que já atua há mais de uma década em ações de divulgação do Rio Grande do Sul na França. O festival acabou sendo uma forma de concentrar, ao longo de três dias – de sexta a domingo –, diversas atrações artísticas e culturais sul-rio-grandenses, favorecendo a integração entre gaúchos e parisienses.


Além de palestrantes das áreas de música, artes visuais, literatura, etnia, danças e turismo, líderes e autoridades públicas são convidadas a irem a Paris apresentar a realidade do Estado. Neste ano, na abertura, o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, detalhou programas municipais como o orçamento participativo. Ainda no primeiro dia, o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-RS), Abdon Barreto Filho, enfatizou os atrativos das várias regiões do Estado para os turistas.


Em sua fala, Romar Beling apoiou-se em exposição de textos e fotos, intitulada Bem-vindos e benquistos, salientando os diversos espaços socioeconômicos e culturais nos quais a presença alemã segue nítida e forte no Rio Grande do Sul e no Brasil. Ele partiu da experiência de ter conduzido a elaboração do livro especial Terra de bravos, referente aos 180 anos da imigração alemã no País, em 2004. Na ocasião, na companhia do fotógrafo Inor Assmann, percorreu todos os Estados brasileiros para os quais houve imigração oficial, entrevistando pesquisadores e líderes. “Creio que foi possível apresentar um bom panorama das contribuições dos alemães ao longo de quase dois séculos ao Brasil”, frisa Beling.


Segundo ele, a expectativa de Jaqueline para a intensificação de parcerias entre parisienses e gaúchos prevê a aproximação efetiva nas áreas das artes, da cultura, das instituições e das organizações sociais, e inclusive com viés econômico. A definição de programa especial para contemplar, em 2015, a integração pela via da literatura entre gaúchos e franceses está nos planos do festival.


Perto de tudo

A Prefeitura do 14º Arrondissement (ou bairro) de Paris, em Montparnasse, propicia ao Rio Grande do Sul espaço privilegiado de divulgação de diferenciais junto a público francês, por meio da Associação Sol do Sul. Em ambiente amplo, permite a interação com pessoas das mais diversas áreas culturais. Trata-se de uma das regiões-símbolo da capital da França, vizinha aos Inválides, ao Jardim de Luxemburgo, a Saint-Germain-des-Prés e ao Quartier Latin. A partir de Montparnasse, tudo fica próximo, inclusive a pé.

 

Edição de 28/10/2014

Gazeta do Sul

Christian Silva, guaibense que mora em Eldorado do Sul, fez sucesso na charmosa capital francesa, neste mês, ao participar do 2º Festival do Rio Grande do Sul em Paris, organizado pela Associação Franco-Brasileira Sol do Sul. O jovem violonista que os franceses adoraram está ainda mais feliz por ter tocado no famoso Jazz Club, ao lado do respeitado músico Christophe Davot. Antes de voltar para casa, Christian passeou pela Cidade Luz, posando para a foto com a Torre Eiffel ao fundo.

Foto: Social/Gazeta

25/10/2014

Gazeta Centro-Sul

Ana Lonardi parle de sa participation au 2ème Festival du Rio Grande do Sul de Paris à l'émission "Tudo Mais" (TVCOM - RS) ! Cliquez-ici pour regarder la vidéo

 

Ana Lonardi fala de sua participação no 2° Festival do Rio Grande do Sul de Paris no programa "Tudo Mais" (TVCOM - RS) ! Clique aqui para ver o video

 

24/10/2014

 

Promoção do Rio Grande do Sul em Paris

Abdon Barretto Filho, economista

Durante o 2º Festival do Rio Grande do Sul de Paris, realizado na Prefeitura do 14ème da capital francesa, constatou-se a importância da promoção e a divulgação da nossa terra, nossa gente. Foram dias com intensa programação que contemplou temas de interesses diversos enaltecendo a cultura, a história, a geografia, a política, a economia e o turismo, apresentando as seguintes conferências: A influência do Positivismo do filósofo francês Augosto Conte no Brasil e especialmente no RS,quando foram analisados a religião da humanidade (sentir, pensar, agir); a transculturalidade Oriente – Ocidente e a influência do Positivismo na Maçonaria francesa.

Outra conferência foi dedicada ao Turismo de Eventos e os novos roteiros turísticos, inclusive o Turismo Paleontológico (Fósseis do Triássico). Após a conferência, foi apresentado o mascote do tema Dinotchê, na sua nova versão de um boneco de pelúcia especialmente elaborado pelo Gramado Zoo.Em sequência,foi realizado pré-lançamento do 20º Festival de Publicidade de Gramado e o Prêmio Universitário Internacional da ALAP – Associação Latino- Americano de Publicidade).

Vários vídeos foram apresentados. Na conferência sobre o Orçamento Participativo,pode-se concluir que a experiência de Porto Alegre está sendo estudada por outras importantes cidades, Paris é uma delas. Também estavam presentes as maquetes da Estádio do Internacional e da Arena do Grêmio.

Convém salientar que muitos visitantes citaram o vídeo sobre Porto Alegre apresentado antes do jogo França x Honduras. Segundo informações, foi vista por um bilhão e 300 milhões em todo o mundo. A conferência sobre a História do Rio Grande do Sul e seus imigrantes, abordou a comemoração dos 190 anos da imigração alemã, a imigração italiana e o desenvolvimento da vinicultura na Serra Gaúcha. Para fechamento do ciclo de conferências, tema abordado foi o Movimento Tradicionalista Gaúcho no RS, no Brasil e no mundo e as influências francesas e os imigrantes nas danças tradicionalistas.

O eventou também teve uma série de espetáculos musicais, destacando-se: Rafael Ferrari (bandolim campeiro-mandoline); a cantora gaúcha Ana Lonardi (participante do The Voice Brasil); Chorale Italienne (Di Sol e Di La); Erlon Jacque (música popular gaúcha); Gustavo Silva (concerto de guitarra solo) e o Grupo folclórico Os Rio Grandenses.Para exposições de artes plásticas estavam presentes os artistas Saionara Dreyer e o Renato Rodyner. Com certeza, mais europeus, principalmente os residentes na França, as comunidades de imigrantes e famílias integradas (brasileiros e francesas e vice-versa) estão atualizando as informações sobre o Rio Grande do Sul, um Brasil Diferente.

É mais uma ação do City Marketing que está possibilitando abertura de novos relacionamentos, contribuindo para a busca de alternativas para o desenvolvimento social e econômico.O 3º Festival terá uma adesão maior. Será? Espeitam-se todas as opiniões contrárias. São reflexões. Podem ser úteis. Pensem nisso.

14/10/2014 às 8:36

A Razão

Journal O Sul - 15 octobre 2014

Jeferson Camilo "Dom Camilo" dans l'émission "Voz da Tradição" (TV Tradição). Quelques heures avant son départ pour Paris, pour participer du 2ème Festival du Rio Grande do Sul de Paris.

 

Jeferson Camilo "Dom Camilo" no programa "Voz da Tradição" (TV Tradição). Algumas horas antes de embarcar para Paris, para o 2° Festival do Rio Grande do Sul de Paris.

9/10/2014

Article sur le 2ème Festival du Rio Grande do Sul de Paris, sur Luso Jornal (Page 12). Pour lire l'article, Téléchargez le document ci-dessous.
Luso jarnal 8 oct 2014.pdf
Document Adobe Acrobat [1.6 MB]
Zero Hora - 9/10/2014
Zero Hora de Porto Alegre - 8 octobre 2014
Jornal do Comércio do dia 06/10/2014
jornal comercio 06 out 2014.pdf
Document Adobe Acrobat [3.3 MB]

CAPMag du mois d'octobre 2014 !

 

Article sur le 2ème Festival du Rio Grande do Sul de Paris, page 20.

 

Téléchargez pour lire l'article

CAPMag outubro 2014.pdf
Document Adobe Acrobat [12.2 MB]
Jornal do Comercio - 30/09/2014

Jornal do Comércio, 22/09/2014

Article sur Christian Silva et sa participation au 2ème Festival du RIo Grande do Sul de Paris. Journal Gazeta Centro Sul - Guaiba, 20 septembre 2014.

Ana Lonardi arrive au 2ème Festival du RIo Grande do Sul de Paris !

Ana Lonardi parle des candidats du The Voice Brasil 3 et annonce son arrivée à Paris au journal télé de midi (Jornal do Almoço – Rede Globo).

Cliquez sur ce lien pour regarder la vidéo. http://globotv.globo.com/rbs

19/09/2014

Article sur Rafael ferrari dans le jornal Nova Folha Guaibense, de Guaíba - 17 septembre 2014

 

A la une et en couverture du magazine CAPMag du mois de septembre 2014, la région Rio Grande do Sul, qui sera d’ailleurs à l’honneur à Paris au mois d’octobre grâce au 2ème Festival du Rio Grande do Sul de Paris. Article page 10 et 12. Pour lire l’article téléchargez le document ci-dessous. Photo de couverture et photos de l’article de Leonid Streliaev.

CAPMag sept 2014.pdf
Document Adobe Acrobat [8.5 MB]

Na França

 

O prefeito José Fortunati (PDT) confirmou para a Alap - Associação Latino-Americana de Publicidade que participará do 2º Festival do RS em Paris, de 10 a 12 de outubro, como palestrante do painel 25 anos de Orçamento Participativo no Mundo. Hoje, o OP é adotado pela prefeitura parisiense.

 

Fernando Albrecht

 

Porto Alegre, terça-feira, 29 de julho de 2014.

 

Jornal do Comércio

Christian Silva interviewé par Carlos Cachoeira à l’émission Galpão Nativo sur la la TVE Rio Grande do Sul.  Dimanche 24 août 2014.

Article sur le 2ème Festival du Rio Grande do Sul de Paris, journal JC Empresas e Negócios du 28/07/2014

 

 

 

Article sur le 2e Festival du Rio Grande do Sul de Paris, publié par le journal Correio do Povo, le 16/07/2014

2° FESTIVAL DO RIO GRANDE DO SUL EM PARIS

 

   João Firme*

O site da Associação Sol do Sul – www.soldosul.fr da franco-gaúcha. Jaqueline Dreyer, diz que a entidade se propõe a dar continuidade de seus propósitos de tornar o nosso Estado cada vez mais próximo  da Europa em geral, e da França, em particular. E acrescenta ainda, “Tanto Porto Alegre, conhecida por sua gestão participativa, quanto as demais cidades, têm suas características próprias, que pretendemos ressaltar através de seus valores turísticos, culturais, sociais e artísticos. Numa tentativa de aproximar mais nossa cultura do povo europeu, o qual assentou suas raízes na terra, contaremos novamente com conferencistas que discorrerão sobre riquezas do RS proporcionando um novo olhar sobre o Brasil, país que não para de crescer...Sem dúvida alguma, temos muito a descobrir e redescobrir no Rio Grande do Sul”.  E finaliza: “O sucesso da primeira edição do Festival do RS de Paris realizada no mês de setembro em 2013 nos leva a prosseguir com este projeto pioneiro, reunindo personalidades da vida política, artística, literária, turística, social e econômica do estado gaúcho e da sua capital, Porto Alegre. Motivados pelo desejo de apresentar esse Estado do Brasil, o 2º Festival do RS de Paris acontecerá de 10 a 12 de outubro próximo que, nessa edição reunirá algumas das inúmeras etnias que colonizaram o pampa rio-grandense: Alemanha, Itália, Portugal, Polônia, entre outros.

A propaganda, através da ALAP-Associação Latino-Americana de Publicidade é convidada para promover o 20º Festival Mundial de Publicidade de Gramado de 10 a 12 de junho de 2015 e o evento paralelo Prêmio Universitário Internacional de Gramado que possibilitará aos estudantes de comunicação inscreverem gratuitamente até 30 de maio de 2015, uma peça publicitária gráfica(Jornal/Revista) ou eletrônica(TV/Rádio/ Web) em português, espanhol ou inglês sobre o tema Prevenção às Drogas dado pela Cruz Vermelha Internacional.

O Festival de Gramado é conhecido em Paris, pois suas edições extras nos anos pares começaram em setembro de 2004 na Embaixada do Brasil e na Catedral de Notre Dame.

                                                                                                                          *Jornalista e Publicitário

www.alap.com.br

Le 2àme Festival du Rio Grande do Sul de Paris dans le calendrier officiel des commémorations des 190 ans de l'immigration allemande au Brésil.

 

Pour voir le programme complet cliquez ici

Grupo Chão de Areia é convidado para representar o Brasil em Festival na França


Para mais informações sobre o evento em Paris você pode acessar www.soldosul.fr


A Association Sol do Sul localizada em Paris, esta neste ano de 2014 comemorando os seus 10 anos de existência. Sob a presidência da gaúcha Jaqueline Dreyer a associação promove a cultura brasileira na França.

Jaqueline Dreyer morou por um período em Tramandaí, e conhecedora da região do Litoral Norte Gaúcho, esta promovendo a divulgação da região sul do Brasil na Europa através do Movimento Cultural Internacional entre o sul do Brasil e a França, assim como a União Européia e a realização do 2° Festival do Rio Grande do Sul de Paris, que acontecerá de 10 a 12 de Outubro de 2014 em Paris.

Na sua segunda edição o evento destaca as áreas sociais, culturais, turísticas, comerciais, políticas e econômicas, onde em cada área é mostrada a importância do trabalho pelo desenvolvimento constante e inovador e confirma-se como uma grande troca de experiências entre os dois países.

Para representar a area musical da região do Litoral Norte Gaúcho, a coordenação da Association Sol do Sul de Paris, convidou o Grupo Musical Chão de Areia que fará parte da programação artística 2° Festival do Rio Grande do Sul de Paris, que acontecerá de 25 a 28 de Setembro de 2014 em Paris.

Segundo Jaqueline Dreyer, a Association Sol do Sul tem em seus projetos futuros a promoção da região sul do Brasil com a divulgação de trabalhos realizados no Rio Grande do Sul e também na região do litoral gaúcho. Para mais informações sobre o evento em Paris você pode acessar www.soldosul.fr, e-mail: soldosul@hotmail.fr

- O Grupo é composto por Flávio Junior, Mário Tressoldi e Chico Saga.
Divulgação - Texto: PMT


www.litoralemmovimento.com.br

 


Comissão dos 190 Anos da Imigração Alemã recebe variados reforços

 

Instituições de natureza regional (THE SCHNEIDER´s), estadual (JJ Intercâmbios) e internacional (Sol do Sul) institucionalizam parcerias com a Comissão.

 

As fotos registram flagrantes das atividades da Comissão, na reunião realizada no dia 14 de janeiro, no Centro Cultural 25 de Julho de Porto Alegre. Os trabalhos foram conduzidos pelo o jornalista Sílvio Aloísio Rockenbach, presidente, com a análise da seguinte pauta:

1. Homenagem ao falecido presidente de honra da Comissão, senador e ministro Alberto Hoffmann.
2. Concertos da Ospa em 10 cidades-polo da imigração alemã no RS
3. Roteiro de "Canções Alemãs" com a cantora lírica Ângela Diel pelo interior do RS
4. Definição do Edital da Premiação Distinção Alemã 2014
5. Convite para participação do RS na programação Sol do Sul em Paris, de 25 a 28 de setembro de 2014, com foco nas etnias e, em particular, nos 190 Anos da Imigração Alemã, com a participação da organizadora, Sra. Jaqueline Dreyer, ora em Porto Alegre.
Em perspectiva, a participação de um grupo musical/de danças e da miss Alemanha-Brasil, a ser escolhida em maio próximo
6. Análise e sugestões para o novo site específico www.iabrasil190.com (ia = imigração alemã), com o Calendário de Eventos já recebendo registros 
7. Apresentação de amostras de camisetas com a logomarca Imigração Alemã no Brasil.  

Com a participação especial de Volnei Schneider, do trio "THE SCHNEIDER´S", de Quinze de Novembro, RS, corresponsável pela edição do portal BrasilAlemanha e do novo site específico www.iabrasil190.com, e de Jacinto José Klein, da JJ Intercâmbios, de Bom Princípio, RS, a Comissão recebe importantes reforços na área operacional, com as mais diversas abrangências:
- regional, com a Família Schneider, através do trio THE SCHNEIDER´S, de Quinze de Novembro, RS, Brasil;
- estadual, com Jacinto José Klein, através da JJ Intercâmbios, de Bom Princípio, RS, Brasil;
- internacional, com Jaqueline Dreyer da Associação Sol do Sul, de Paris, na França.

Sílvio Aloísio Rockenbach, presidente em exercício da Comissão Executiva, recebe o convite oficial de Jaqueline Dreyer, présidente de l'Association Sol do Sul com sede na França, para o evento "Deuxième Festival du Rio Grande do Sul de Paris", que este ano, de 25 a 28 de setembro, homenageia os 190 anos da Imigração Alemã no Brasil.

Volnei Schneider do gupo "THE SCHNEIDER´S", trio musical familiar fomentado pela associação sem fins lucrativos "Grupo Cultural Som Legal", de Quinze de Novembro, RS, integrando-se à Comissão Executiva, teve a oportunidade de expor o trabalho cultural musical desenvolvido pela Família Schneider, desde o ano de 1847 no Brasil, mais especificamente no Rio Grande do Sul, à direção da Associação "Sol do Sul", através de sua presidente Jaqueline Dreyer. O momento foi importante para o Projeto "FAMÍLIA SCHNEIDER, a família de gaúchos com raízes alemãs que há seis gerações mantém o gosto pela música apresenta THE SCHNEIDER´S, Quinze de Novembro, RS, Brasil", que teve a oportunidade de distribuir o livro-CD financiado pela Secretaria Estadual de Cultura do Rio Grande do Sul (Pró-Cultura) entre importantes representantes do segmento Brasil-Alemanha (Associação francesa Sol do Sul, Centro Cultural 25 de Julho, Consulado Geral da Alemanha em Porto Alegre, Comissão Executiva das Comemorações dos 190 anos da Imigração Alemã no RS, entre outros).

Improvisando a estreia oficial das primeiras amostras de camisetas da Imigração Alemã no Brasil, da esquerda para direita, Volnei Schneider (THE SCHNEIDER´S), Sílvio Aloísio Rockenbach (presidente da Comissão) e Jacinto José Klein (JJ Intercâmbios).

Em vista da vasta experiência em promover intercâmbios artístico-culturais e esportivos entre o Brasil e a Alemanha, Jacinto Klein recebeu a incumbência de sugerir algum tipo de intercâmbio esportivo envolvendo também o Grêmio, fundado por alemães em 15 de setembro de 1903, nas Comemorações dos 190 Anos da Imigração Alemã em 2014. Um contato prévio de Hans Peter Gerwy, ex-presidente do Veleiros do Sul e presidente da Comissão Oficial dos 180 Anos em 2004, Décio Krohn, ex-presidente da Sogipa e presidente da Comissão Executiva dos 180 Anos, e Sílvio A. Rockenbach, da Comissão dos 190 Anos, com o vice-presidente Nestor Hein, do Grêmio, em novembro de 2013, abriu amplas perspectivas para alguma atividade esportiva conjunta no decorrer do Ano da Copa e das Comemorações dos 190 Anos da Imigração Alemã. Seremos parceiros também nestes 190 Anos da Imigração Alemã

Enquanto isso, o punhobol da Sogipa vai desfilando sua quase inatingível sequência de 12 títulos mundiais (10 no masculino e dois no feminino), enfrentando sobretudo equipes europeias, onde este esporte está muito mais difundido.  Roberto Engels Garay nos envia esta admirável trajetória com manchetes de 100 anos de paixão. 

Seremos parceiros também nas Comemorações dos 190 Anos da Imigração Alemã! Não só da Sogipa, mas de todos os numerosos e tradicionais clubes fundados no decorrer dos séculos 19 e 20 por imigrantes alemães e seus descendentes. Aguardamos suas informações e competições pelo e-mail comissaoimigracaoalemars@gmail.com

 

www.brasilalemanha.com.br

25/01/2014